Dicas sobre Marketplace

A definição desse termo inglês é simplesmente “lugar de mercado”. Mas é bom explicar a diferença entre marketplace e ecommerce – muitos confundem.

Marketplace é um site desenvolvido para atender vários lojistas cadastrados que vendem seus produtos pela internet. Qualquer produto. Alguns dos mais famosos no Brasil – Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Walmart, Shoptime, OLX e Mercado Livre, entre tantos outros. Marketplace chegou com força ao Brasil em 2012. Essa plataforma faz a intermediação entre lojista (vendedor) e consumidor (comprador). É um Shopping Center virtual. São várias vitrines num mesmo espaço.

Ecommerce é uma loja virtual em que uma empresa vende seus próprios produtos pela internet. A Loja responsabiliza-se pela plataforma do site, apresenta e promove seus produtos e realiza todo o processo de venda – até o produto chegar às mãos do comprador.

Marketplace

O consumidor tem a vantagem de acessar várias lojas num único site. Também compara valores, qualidade e prazos. Pode ainda realizar várias compras de variados produtos e realizar apenas um pagamento. Saiba mais sobre vendas pela internet.

Pelo lado do lojista a vantagem está na maior visibilidade de seu produto e um maior universo de compradores. O consumidor procura um produto e ao acessar o marketplace verá promoções de outros produtos, podendo ser levado a novas compras.

O lojista de pequeno porte se beneficia, uma vez que o site garante a qualidade do produto e o atendimento. Fatores importantes para uma pequena empresa que busca maior visibilidade e reputação junto ao consumidor. Essa empresa, ao se utilizar de um marketplace com grande estrutura e visibilidade, quebra algumas desconfianças e objeções de compra que viriam pela falta de credibilidade numa loja nova ou desconhecida.

Funcionamento

Para conseguir participar de um marketplace não há muita dificuldade ou burocracia. Simplesmente você fará um cadastro da empresa e dos produtos. Mais importante é ler e entender todas as políticas e termos adotados pelo marketplace. É possível você receber denúncias dos clientes e ser retirado da plataforma ou então receber várias outras punições. Outros fatores influenciam, como conduta, relacionamento com o cliente, formas e prazos de recebimento e percentuais que essas empresas cobram. Há que se fazer cálculos e estudar a viabilidade do negócio.

A partir daí sua loja passa a ser divulgada pelo marketplace. Seu produto pode surgir em pesquisas de buscas e há produtos que são sugeridos aos clientes, de acordo com seu histórico de buscas e compras. É muito importante que você saiba de todos os custos referentes a essa plataforma que, em sua maioria, cobra comissão referente à venda de cada produto.

Antes de se decidir pelo marketplace, é necessário fazer uma análise de viabilidade. O valor da comissão vai de 9,5% a 30% da venda realizada. Essa variação existe devido ao nível de divulgação que você pede pelo seu produto no momento do cadastro. Calcule com cuidado para não perder dinheiro.

Veja se sua margem comporta o custo do produto acrescido da comissão. Estude a possibilidade de ter um volume maior de vendas e um lucro menor. Calcule com muito cuidado. Atenção também para o prazo de liberação dos valores recebidos pelas vendas. Pode variar de dois a 45 dias contados a partir da entrega do produto. Os marketplaces fazem isso para garantir a entrega do produto aos clientes.

Mais outro fator a considerar é quanto à escolha do marketplace a se associar. Normalmente essas empresas possuem um perfil definido de público. Tanto em função de sua participação demográfica quanto a interesses comerciais. Assim, analise os marketplaces de acordo com os usuários mais alinhados ao perfil de seu público.

Essas empresas de marketplace são bastante rígidas no cumprimento de normas. A reputação de sua loja e do marketplace estão em jogo. Por isso, atenção na sua atuação.

Fontes de pesquisa: Marketing de Conteúdo / Rock Content e ecommercebrasil

A Sphera Agência Digital possui profissionais especializados para desenvolvimento de sites, produção de conteúdo, copywriter em blogs, e conteúdo e gestão das redes sociais. Planejamento Estratégico através de ferramentas do Google Ads. Quaisquer dúvidas abra um diálogo com a Sphera.